Graças a Bolsonaro, quase metade dos brasileiros terminará 2022 na pobreza

ESSENCIAL Brasileiros na pobreza SITE - Graças a Bolsonaro, quase metade  dos brasileiros terminará 2022 na pobreza

Graças a Bolsonaro, quase metade dos brasileiros terminará 2022 na pobreza

👎 De acordo com dados da Tendências Consultoria, mais da metade dos brasileiros deve terminar 2022 na pobreza: às classes D e E devem chegar a 50,7% da população. Em 2012, essa faixa de rendimento representava 48,7% do total de domicílios no país.

😥 São considerados como parte das classes D e E os domicílios com renda mensal familiar de até R$ 2,9 mil em novembro de 2021, qualificados, respectivamente, como “pobres” e “extremamente pobres”.

🤔 Estes setores são os mais vulneráveis de nossa economia, e sua renda depende, em boa parte, da Previdência Social e de programas de transferência de renda. É o segmento que mais sofre com a alta da inflação, com os preços recordes do gás e da gasolina e com o desemprego mais alto da história. E o salário-mínimo foi reduzido pela primeira vez desde o Plano Real (1994).

😡 Além da péssima gestão econômica de Bolsonaro, a maior pobreza se explica pelo aumento da informalidade, também estimulada pelos governos a partir da Reforma Trabalhista do governo Temer. Em 2021, o rendimento real médio do trabalhador caiu 7% em relação ao ano anterior.

Priorizando os interesses apenas dos mais ricos, Bolsonaro nos deixou mais pobres e desassistidos. Isso precisa mudar!

#EssencialÉaVida