Aumento de casos e mortes por Covid mostram falta de segurança nas aulas presenciais

😷 Muitos governantes estão impondo o retorno às aulas presenciais sem levar em consideração as condições de trabalho dos profissionais da educação e problemas estruturais nas escolas, como ausência de ventilação, distanciamento, testes, insumos e equipamentos de proteção individual. Também não sanaram o problema de falta de profissionais para fazer a higienização frequente dos espaços. ☠ Com isso, professores e demais profissionais, assim como estudantes, seguem sendo contaminados e, em muitos casos, levando o vírus para suas famílias. Estudos elaborados em conjunto pela UFABC, Unifesp, USP, UFSCar e IFSP mostraram que em algumas regiões, como a de São Paulo, a incidência da doença entre professores foi 3 vezes maior do que a registrada no restante da população. Um estudo do DIEESE já havia mostrado o aumento de 128% nas mortes de professores nos primeiros 4 meses de 2021, em relação ao mesmo período no ano passado. 😔 É inadmissível que, mesmo diante dos riscos inegáveis, ainda há setores que fazem política com a vida da população.

Aumento de casos e mortes por Covid mostram falta de segurança nas aulas presenciais

😷 Muitos governantes estão impondo o retorno às aulas presenciais sem levar em consideração as condições de trabalho dos profissionais da educação e problemas estruturais nas escolas, como ausência de ventilação, distanciamento, testes, insumos e equipamentos de proteção individual. Também não sanaram o problema de falta de profissionais para fazer a higienização frequente dos espaços.

☠ Com isso, professores e demais profissionais, assim como estudantes, seguem sendo contaminados e, em muitos casos, levando o vírus para suas famílias.

Estudos elaborados em conjunto pela UFABC, Unifesp, USP, UFSCar e IFSP mostraram que em algumas regiões, como a de São Paulo, a incidência da doença entre professores foi 3 vezes maior do que a registrada no restante da população. Um estudo do DIEESE já havia mostrado o aumento de 128% nas mortes de professores nos primeiros 4 meses de 2021, em relação ao mesmo período no ano passado.

😔 É inadmissível que, mesmo diante dos riscos inegáveis, ainda há setores que fazem política com a vida da população.