Além de “piadas”, governo Bolsonaro tem ações e políticas racistas

Além de “piadas”, governo Bolsonaro tem ações e políticas racistas

Além de “piadas”, governo Bolsonaro tem ações e políticas racistas

😤 Desde os seus tempos de deputado, Jair Bolsonaro se notabilizou por comentários racistas, como as “piadas” que fez com quilombolas, em 2017, os comentários relacionando o deputado federal Hélio Lopes, seu aliado, com a escravidão, ou ataques a movimentos antirracistas.

🤔 Mas não é só no discurso que o presidente apresenta um evidente racismo. A representação do seu governo mostra isso.

👌 Um secretário nacional de Cultura caiu porque repetiu a estética nazista em um pronunciamento oficial. O assessor internacional da Presidência da República foi denunciado pelo Ministério Público Federal, após investigação da Polícia do Senado, por ter feito gesto ligado à supremacia branca.

😮 Não há nenhum ministro negro entre a equipe de Bolsonaro, e entre os 985 assessores da Presidência, apenas 2,8% são negros.

👀 O governo Bolsonaro também cortou as verbas destinada aos quilombolas, reduziu em 60% o orçamento do Programa de Enfrentamento ao Racismo e Promoção da Igualdade Racial, bloqueou verbas e emperrou processos de demarcação de terras quilombolas, e organizou o Enem com menos negros e pardos nos últimos anos.

Ao que parece, para o presidente apenas algumas vidas importam, mas não a dos negros.

#EssencialÉAVida